Entrando no Jogo
Não Perca

Aparelhos de Ginástica Olímpica: conheça os masculinos e os femininos

ginastica olimpica entrando no jogo

Ao assistir uma competição de Ginástica Olímpica com certeza você já deve ter reparado que existe uma diferença entre os aparelhos femininos e os masculinos. Porque embora alguns sejam comuns para ambos, há aqueles exclusivos tanto para eles como para elas.

Neste artigo vamos falar sobre os aparelhos que são voltados especificamente para cada um e também aqueles que estarão presentes em ambas categorias. Continue lendo e conheça-os.

APARELHOS FEMININOS

Os aparelhos a seguir estão presentes apenas nas competições femininas, sendo:

Barras Assimétricas

Aparelho composto por duas barras posicionadas na horizontal, com alturas diferentes e fixadas no solo por postes e cabos de segurança. A ginasta deve fazer acrobacias, dar saltos e trabalhar trocando as barras durante sua apresentação.

A barra mais baixa fica posicionada a 1,70m do chão, e a mais alta a 2,50m. Ambas possuem 2,4m de comprimento.

 

 

Trave de Equilíbrio

Esse aparelho trata-se de uma trave horizontal com apenas 10 cm de largura e 5 m de comprimento. Está posicionada a 1,25m de altura e é revestida por um material próprio para absorção de impactos. A ginasta deve equilibrar-se em pé sobre ela e ali executar saltos e movimentos de equilíbrio.

 

 

 

APARELHOS MASCULINOS

Os aparelhos a seguir são exclusivos de provas masculinas, sendo:

Cavalo com Alças

Aparelho retangular e elevado (cavalo) que possui 1,15m de altura, com 1,60 de comprimento e 35 de largura. Ele possui duas alças paralelas onde o ginasta deve apoiar as mãos e manter o peso do corpo sobre elas, sem apoiar-se no cavalo, executando rotações de corpo.

 

 

 

Argolas

Aparelho composto por duas argolas com 18 cm de diâmetro que ficam suspensas no ar a 2,80 m do chão. Elas são paralelas e seu cabo de sustentação móvel para que o atleta possa executar movimentos no ar.

 

 

 

Barras Paralelas

Esse aparelho consiste em duas barras posicionadas horizontalmente e em paralelo. Cada uma possui 3,5 m de comprimento e está a 2 m do chão. O ginasta deve usar a força das mãos e dos braços para executar movimentos com o corpo.

 

 

 

Barra Fixa

Trata-se de apenas uma barra com altura de 2,8 m do chão que é fixada em postes, e estes presos com cabos de segurança para não saírem do chão. O atleta deve dar saltos e fazer retomadas entre outros movimentos de força, equilíbrio e acrobacia.

 

 

 

APARELHOS PARA AMBOS

Estes são os aparelhos que estão presentes tanto nas competições masculinas como nas femininas. São eles:

Solo

Possui 12 m de comprimento por 12 m de largura. A diferença entre as provas masculina e feminina é sua duração, sendo para elas de 90 s e para eles de 70 s. Também na prova feminina existe acompanhamento musical, e na prova masculina não.

O ginasta deve fazer uma coreografia composta por vários elementos e explorar toda a área e extremidades. Ele não pode sair do espação delimitado ou perde pontos.

 

 

Salto

Esse aparelho é composto por uma pista com 25 m de comprimento e um trampolim com 1,20 m de comprimento por 95 cm de largura. A altura varia entre os gêneros, sendo de 1,25 para as mulheres e 1,35 para os homens.

O ginasta inicia a prova com uma corrida e deve apoiar as suas mãos no trampolim para dar um salto e executar rotações de corpo no ar.

Para que os ginastas tenham maior segurança e firmeza nos aparelhos, eles utilizam pó de magnésio nas mãos e geralmente enrolam fitas nos pés, assim melhoram a aderência e evitam também lesões na pele.

Vale lembrar que cada aparelho possui suas regras, e elas podem variar um pouco entre os gêneros nos aparelhos comuns para ambos. Cada erro de execução conta pontos para o atleta, e por isso, cada movimento é importante numa competição.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *